Acesse nossas redes sociais:

Notícias

Visualize fotos
202057_20200309_204733
07/05/2020
CPI solicita novamente informações e complemento de dados

A Comissão Parlamentar de Inquérito, que investiga e apura os investimentos realizados pela concessionária do serviço de água e esgoto em Mirassol, solicitou novamente a apresentação de documentos à empresa Sanessol. A CPI já enviou dois ofícios pedindo informações, mas não foi totalmente atendida.
Os primeiros ofícios foram enviados no dia 17 de março, tanto para a Sanessol quanto para a Prefeitura. A Comissão requeria a indicação de planilhas com investimentos feitos e previstos no contrato assinado em 2007, valores discriminados, datas de tais despesas, além de loteamentos recebidos pelo Município a partir da vigência do contrato.
Nesta semana, o presidente da CPI, Sergio Leiteiro, enviou outro ofício para requisitar novamente documentos que não foram anexados na resposta ao último pedido. O vereador informa que a Comissão não recebeu as planilhas físico-financeiras das estações elevatórias e das estações de tratamento de esgoto.
Além de reforçar a solicitação anterior, o presidente da Comissão ainda pede que sejam providenciadas, como complemento, planilhas descritivas indicando os específicos objetos de aplicação dos citados recursos. No total, foi informado que a empresa investiu R$ 60.855.921,19 (sessenta milhões oitocentos e cinquenta e cinco mil e novecentos e vinte e um reais e dezoito centavos).
A CPI da Sanessol é composta pelos vereadores Sergio Leiteiro (presidente), Ademir Massa (relator), Nardim Martinelli (membro) e Vanderlei Pinatto (suplente). A criação da comissão foi aprovada na 6ª Sessão Ordinária, no dia 9 de março.

Comunicação / CMM

Imagem gestos em libras em azul e branco
Acessibilidade com Libras

Imagem do Logo do VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Mirassol/SP pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.