Vereadores fecham primeiro semestre com 27 projetos apresentados e investigação de CPI

Publicado em: 23 de julho de 2018

Nesta segunda-feira (23) e na próxima semana, dia 30, não haverá sessões na Câmara de Mirassol em razão do recesso aprovado em emenda à Lei Orgânica do Município. Nesse período, porém, o expediente administrativo segue normalmente e os vereadores continuam à disposição da população para atendimento, retornando aos trabalhos legislativos oficiais no dia 1º de agosto.
Como balanço dos trabalhos desempenhados pelos vereadores, no primeiro semestre desse ano, destacam-se a apresentação de 27 projetos – entre leis ordinárias, complementares e resoluções –, uma proposta de emenda e um decreto legislativo. Foram ainda realizadas cinco audiências públicas e duas sessões extraordinárias.
Foram aprovados também 185 requerimentos e 84 indicações, que cobraram do Executivo Municipal melhorias para a cidade, entre eles, serviços de limpeza, tapa-buracos, recapeamento e construção de sarjetões e lombadas. Outras proposituras pediram esclarecimentos a respeito de contratos, projetos e outras dúvidas administrativas.
Ainda nesse segundo ano da 17ª Legislatura da Câmara de Mirassol, os vereadores aprovaram a abertura de créditos adicionais que totalizam mais de R$ 4 milhões à Prefeitura. Também instauraram uma Comissão Parlamentar de Inquérito, que já ouviu cinco pessoas e pegará o depoimento de mais quatro no dia 2 de agosto.
Essa CPI é formada pelos vereadores Marco Antônio Alves (Presidente), Walmir Pereira Junior (Relator), Sérgio Junior Henrique (Membro) e Marinaldo Martinelli (Suplente). Eles investigam denúncias do Sindicato dos Servidores sobre possíveis irregularidades no contrato e na prestação de serviços de mecânica firmado com o Município.

Imprensa – Câmara de Mirassol

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Cadastre-se e receba notícias em seu email