Câmara economiza R$ 1,4 milhão e prepara devolução para investimento em Saúde e Segurança

Publicado em: 27 de outubro de 2017

Os vereadores da Câmara de Mirassol aprovaram, durante a 37ª Sessão Ordinária, um requerimento que propõe a devolução de R$ 1.410.000,00 milhão para a Prefeitura. O valor é decorrente de uma economia realizada durante este ano e será entregue com o objetivo de ser investido na Saúde e Segurança Pública da cidade.
Do valor economizado, serão destinados R$ 1.250.000,00 (um milhão e duzentos e cinquenta mil reais) na construção do hospital de Mirassol, que está sendo conduzida pela Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus. A verba restante, de R$ 160 mil, será usada na compra de motocicletas exclusivas para o trabalho de patrulhamento da Polícia Militar no município.
A economia para chegar ao R$ 1,410 milhão foi obtida da anulação parcial de dotações orçamentárias que ainda estavam previstas no último ano do Plano Plurianual 2014/2017 e na Lei de Diretrizes Orçamentárias do exercício de 2017. Nessas dotações, foram reduzidos gastos com obras, equipamentos, materiais e folha de pagamento de funcionários.
De acordo com o presidente da Câmara, João Roberto Feres, a economia realizada neste primeiro ano e sua consequente devolução são uma colaboração direta do Legislativo Municipal com o desenvolvimento de Mirassol. Também agradeceu aos demais vereadores pela compreensão na busca de concretizar essa economia.
Devolução de recursos
Essa transação de devolução dos recursos teve início com a apresentação e aprovação do Requerimento nº 381/2017, que encaminha ao Executivo Municipal uma Minuta de Projeto de Lei propondo a abertura do crédito especial. A elaboração dessa lei não pode ser feita pelo Legislativo, uma vez que se tratam de recursos que serão destinados ao orçamento do Executivo, o que exige a iniciativa daquele Poder.

Fonte: Imprensa – Câmara de Mirassol


Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Cadastre-se e receba notícias em seu email