Falta de limpeza em terreno impõe risco a moradores do Jardim Santa Casa

Publicado em: 29 de setembro de 2017

O descuido com um terreno no Jardim Santa Cláudia está gerando transtornos e insegurança aos moradores do local. O mato alto e as folhas secas têm tomado conta da área, estimulado a proliferação de animais peçonhentos, que são um risco para os pedestres e os moradores mais próximos.
A presença de escorpiões, cobras e caramujos é comum no terreno, que está localizado na rua Rubens Dlunde, esquina com a rua Cláudio Gomes. A preocupação é maior porque o período de chuvas começará em breve, época em que terá a situação ideal de infestação desses animais, aumentando as chances de acidentes e contaminação por doenças.
O problema ainda descumpre a Lei Municipal nº 3.243/2009, que obriga a limpeza e manutenção dos imóveis na área urbana da cidade. Segundo a norma, é possível que as autoridades municipais apliquem advertência e, em caso de descumprimento, emitam multa proporcional à área do terreno. A lei também destaca que a limpeza não pode ser feita com o uso de fogo, devendo ser providenciada uma destinação correta aos detritos e/ou mato capinado.
A reclamação foi feita por moradores aos vereadores Carlos Divino Souza e Walmir Pereira Junior, que elaboraram o Requerimento nº 364/2017. O documento solicita que a Prefeitura, por meio da Vigilância Epidemiológica Municipal, notifique o proprietário do terreno e emita a ordem de serviço para que a limpeza seja providenciada.

Fonte: Imprensa – Câmara de Mirassol


Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Cadastre-se e receba notícias em seu email