Lei que regulamenta nomeação de servidores aprovada na Câmara é vetada pelo Executivo

Publicado em: 16 de maio de 2017

Foi lido ontem (15), na 15ª Sessão Ordinária, o veto do Executivo Municipal para o projeto de lei que proíbe a Administração Pública de nomear servidores com vínculo e parentesco até 3º grau, mantendo-os sob sua direção, chefia ou assessoria. O retorno do texto, que havia sido aprovado na 13ª Sessão da Câmara, segue agora para nova análise jurídica.

Já entre os requerimentos aprovados, está a solicitação do vereador Marinaldo Martinelli à Prefeitura para que aprecie o pedido da Associação Antialcoólica de Mirassol. A entidade quer a cessão de um terreno para construir uma clínica de recuperação para dependentes químicos. O vereador quer ainda informações sobre qual procedimento deve ser adotado para conseguir essa cessão.

Nas indicações, seis delas, de autoria do vereador Walmir Pereira Junior, sugerem mais investimentos na área de lazer em Mirassol. Nas propostas, que serão encaminhadas à Prefeitura, estão a instalação de playgrounds e pistas de caminhada em alguns bairros da cidade.

No total, os vereadores apresentaram oito requerimentos e 15 indicações. Não houve projeto de lei para votar na Ordem do Dia.


Cadastre-se e receba notícias em seu email