Campanha nacional contra gripe H1N1 já disponibiliza doses da vacina para grupos prioritários

Publicado em: 20 de abril de 2017

A partir da próxima segunda-feira (24), a campanha de vacinação contra a gripe começa mais uma etapa da imunização. A novidade deste ano é a inclusão dos professores entre os beneficiados com a dose da vacina gratuita e o aumento da meta de 80% para 90% de vacinação.

De agora até o fim da campanha, o público-alvo inclui crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes e mulheres em puerpério (até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas, povos indígenas, presos, jovens apreendidos e funcionários do sistema prisional. Segundo o Ministério da Saúde, esse grupo tem mais chances de desenvolver complicações em caso de contato com o vírus.

Já no dia 13 de maio, a campanha promove a mobilização nacional “Dia D”, momento em que todas as UBSterão atendimento das 8h às 17h. A campanha segue até dia 26 do mesmo mês e pretende bater a meta de 90% de imunizados.

Embora esteja previsto um cronograma, integrantes dos demais grupos podem ser atendidos, mesmo se as datas indicadas já tenham chegado ao fim. Na primeira etapa, que teve início dia 10, estava programada a vacinação de profissionais da saúde de hospitais. A etapa 2, que começou dia 17, imuniza idosos com mais de 60 anos e trabalhadores da saúde das redes públicas e privadas.

Público-alvo ampliado

Este é o primeiro ano em que os educadores estão entre os mais suscetíveis ao vírus e, por isso, ganharam o direito à vacina oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Devido a uma parceria entre os Ministérios da Saúde e Educação, a imunização será realizada nas próprias escolas.

Novos vírus

A vacina previne contra a gripe H1N1 e possíveis complicações, resultando em doenças pulmonares graves. A dose deste ano também garante proteção contra os vírus do inverno de 2017, chamados de A/Hong Kong e B/Brisbane.

Programação da vacinação*

Etapa 1 (a partir de 10/04) – profissionais de saúde dos hospitais

Etapa 2 (a partir de 17/04) – idosos com mais de 60 anos e profissionais de saúde dos serviços públicos e privados

Etapa 3 (a partir de 24/04) – indígenas, gestantes, mulheres em puerpério, crianças entre 6 meses e menores de cinco anos

Etapa 4 (a partir de 02/05) – pacientes com doenças crônicas

Etapa 5 (a partir de 08/05) – professores das redes públicas e privadas

Dia 13 – Dia D

 

Fonte*: Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (www.saopaulo.sp.gov.br)


Cadastre-se e receba notícias em seu email